Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES

Palavras-chave | Keywords

"Boca do Rio" "Ermida da Guadalupe" "Farol de São Vicente" "Fauna e Flora" "Fortaleza de Sagres" "Gentes & Paisagens" "Gentes de Vila do Bispo" "Geologia e Paleontologia" "História do Mês" "Martinhal" "Menires de Vila do Bispo" "Paisagens de Vila do Bispo" "Tales from the Past" 3D Abrigo Antiguidade Clássica Apicultura ArqueoAstronomia Arqueologia Experimental Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Arqueologia Subaquática Arquitectura arte Arte Rupestre Artefactos Baleeira Barão de São Miguel Base de Dados Bibliografia biodiversidade Budens Burgau Calcolítico Carta Arqueológica de Vila do Bispo Cartografia Cetárias Cista CIVB-Centro de Interpretação de Vila do Bispo Complexo industrial Concheiro Conservação e Restauro Descobrimentos Divulgação Educação Patrimonial EPAC Escolas & Paisagens de Vila do Bispo Espeleo-Arqueologia Estacio da Veiga Estela-menir Etnografia Exposição Figueira Filme Forte Fotografia Grutas Homem de Neandertal Idade Contemporânea Idade do Bronze Idade do Ferro Idade Média Idade Moderna Iluminados Passeios Nocturnos Ingrina Islâmico Landscape marisqueio Medieval-Cristão Megalitismo menires Mesolítico Mirense mitos & lendas Moçarabe Moinhos Museologia Navegação Necrópole Neo-Calcolítico Neolítico Neolítico Antigo NIA-VB Paleolítico Património Edificado Património natural Património partilhado Pedralva Pesca Povoado Pré-história Proto-história Raposeira Recinto Megalítico/Cromeleque Referências RMA Romano Roteiro Sagrado Sagres Salema Santos Rocha São Vicente Seascape Toponímia Vila do Bispo Villa Romana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Menires, Páscoa e Calendários - histórias em torno do Equinócio da Primavera

No passado domingo, dia 20 de março, o Centro de Interpretação de Vila do Bispo assinalou o 1.º dia da Primavera com uma iniciativa que pretendeu contextualizar a entrada da estação com um conjunto fenómenos astronómico, acontecimentos históricos e manifestações culturais:
  • O Equinócio da Primavera;
  • A 1.ª Lua Cheia após o Equinócio da Primavera (19h02 do dia 23 de março, próxima 4.ª feira) e a sua relação com a orientação de monumentos megalíticos na Pré-história e, mais tarde, com a marcação da data da Páscoa nos calendários Judaico-Cristãos;
  • A necessidade e a evolução dos calendários astronómicos enquanto mecanismos de orientação religiosa, económica e política nas sociedades europeias;
  • Possíveis reflexos equinociais na implantação e orientação de menires na área do grande Cabo Sacrum.

Tratou-se de mais uma iniciativa decorrente do Projeto de investigação “ArqueoAstronomia Paisagística no Megalitismo Menírico de Vila do Bispo vs interfluvial Bensafrim-Odiáxere”, promovido pelo Eng.º Fernando Pimenta (Astrónomo membro da Sociedade Europeia para a Astronomia na Cultura) e Ricardo Soares (Arqueólogo da Câmara Municipal de Vila do Bispo).