Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES

Palavras-chave | Keywords

"Boca do Rio" "Ermida da Guadalupe" "Farol de São Vicente" "Fauna e Flora" "Fortaleza de Sagres" "Gentes & Paisagens" "Gentes de Vila do Bispo" "Geologia e Paleontologia" "História do Mês" "Martinhal" "Menires de Vila do Bispo" "Paisagens de Vila do Bispo" "Tales from the Past" "Vale de Boi" 3D Abrigo Antiguidade Clássica Apicultura ArqueoAstronomia Arqueologia Experimental Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Arqueologia Subaquática Arquitectura arte Arte Rupestre Artefactos Baleeira Barão de São Miguel Base de Dados Bibliografia biodiversidade Budens Burgau Calcolítico Carta Arqueológica de Vila do Bispo Cartografia Cetárias Cista CIVB-Centro de Interpretação de Vila do Bispo Complexo industrial Concheiro Conservação e Restauro Descobrimentos Divulgação Educação Patrimonial EPAC Escolas & Paisagens de Vila do Bispo Espeleo-Arqueologia Estacio da Veiga Estela-menir Etnografia Exposição Figueira Filme Forte Fotografia Geographia Grutas Homem de Neandertal Idade Contemporânea Idade do Bronze Idade do Ferro Idade Média Idade Moderna Iluminados Passeios Nocturnos Ingrina Islâmico Landscape marisqueio Medieval-Cristão Megalitismo menires Mesolítico Mirense mitos & lendas Moçarabe Moinhos Museologia Navegação Necrópole Neo-Calcolítico Neolítico Neolítico Antigo NIA-VB Paleolítico Património Edificado Património natural Património partilhado Pedralva Pesca Povoado Pré-história Proto-história Raposeira Recinto Megalítico/Cromeleque Referências RMA Romano Roteiro Sagrado Sagres Salema Santos Rocha São Vicente Seascape Toponímia Vila do Bispo Villa Romana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

exposição IN NOMINE HOMINIS... PRO MEMORIA ARTIS


Centro de Interpretação de Vila do Bispo
03-15 junho 2018
































SINOPSE:
A exposição IN NOMINE HOMINIS... PRO MEMORIA ARTIS, designação traduzível do Latim para o Português como “Em nome do Homem, em memória da Arte”, da autoria de Dinis Cortes, apresenta-se como uma mostra fotográfica sobre o genérico tema “Arte Pré-histórica em Portugal”. Assumindo uma abrangência de escala nacional, a exposição inclui diversos trabalhos relativos à região Algarvia, com particular destaque para o território do atual Concelho de Vila do Bispo, explorando o excecional tema local “Megalitismo e menires da Pré-história”. As propostas visuais encontram-se complementadas por uma arqueológica narrativa expositiva de enquadramento cronocultural.

INAUGURAÇÃO:
03 junho 17h00 (domingo)

Palestra em torno do tema 
“A Arte Pré-histórica em Portugal e o caso de Vila do Bispo"
Professor Manuel Calado
arqueólogo pré e proto-historiador

Apresentação da exposição 
IN NOMINE HOMINIS... PRO MEMORIA ARTIS
Dr. Dinis Cortes
arqueofotógrafo, investigador e autor da exposição

SOBRE O AUTOR:
Manuel Diniz Gaspar Cardoso Cortes, natural de Vila Real (1955), é licenciado em Medicina (Coimbra, 1980) e Médico de Clínica Geral/Medicina Familiar, Coordenador Clínico da D.I.C.A.D. da A.R.S. Alentejo. Além da sua atividade profissional, frequenta atualmente o Curso de Mestrado em Arqueologia Pré-histórica e Arte Rupestre da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Fotógrafo de Natureza (desde 1981) e Arqueofotógrafo (desde 2014), produziu um vasto curriculum fotográfico e de intervenção em Conservação/Divulgação da Biodiversidade e do Património Cultural, destacando-se o Prémio “Carreira” – Fotógrafo Nacional do ano de 2016, na área do Património Natural, atribuído pelo Fundo de Apoio e Proteção aos Animais Selvagens e Câmara Municipal de Castelo de Vide. É ainda autor de obras literárias, designadamente dos títulos “Momentos ao Natural” (2007), um olhar fotográfico sobre a biodiversidade no Baixo Alentejo, e “Viagem...” (2015), obra ficcionada sobre um personagem do Neolítico final, constituindo-se como um roteiro dos mais importantes abrigos com pinturas rupestres da região da bacia hidrográfica do Douro.