Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES

Palavras-chave | Keywords

"Boca do Rio" "Ermida da Guadalupe" "Farol de São Vicente" "Fauna e Flora" "Fortaleza de Sagres" "Gentes & Paisagens" "Gentes de Vila do Bispo" "Geologia e Paleontologia" "História do Mês" "Martinhal" "Menires de Vila do Bispo" "Paisagens de Vila do Bispo" "Tales from the Past" "Vale de Boi" 3D Abrigo Antiguidade Clássica Apicultura ArqueoAstronomia Arqueologia Experimental Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Arqueologia Subaquática Arquitectura arte Arte Rupestre Artefactos Baleeira Barão de São Miguel Base de Dados Bibliografia biodiversidade Budens Burgau Calcolítico Carta Arqueológica de Vila do Bispo Cartografia Cetárias Cista CIVB-Centro de Interpretação de Vila do Bispo Complexo industrial Concheiro Conservação e Restauro Descobrimentos Divulgação Educação Patrimonial EPAC Escolas & Paisagens de Vila do Bispo Espeleo-Arqueologia Estacio da Veiga Estela-menir Etnografia Exposição Figueira Filme Forte Fotografia Geographia Grutas Homem de Neandertal Idade Contemporânea Idade do Bronze Idade do Ferro Idade Média Idade Moderna Iluminados Passeios Nocturnos Ingrina Islâmico Landscape marisqueio Medieval-Cristão Megalitismo menires Mesolítico Mirense mitos & lendas Moçarabe Moinhos Museologia Navegação Necrópole Neo-Calcolítico Neolítico Neolítico Antigo NIA-VB Paleolítico Património Edificado Património natural Património partilhado Pedralva Pesca Povoado Pré-história Proto-história Raposeira Recinto Megalítico/Cromeleque Referências RMA Romano Roteiro Sagrado Sagres Salema Santos Rocha São Vicente Seascape Toponímia Vila do Bispo Villa Romana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Os Sons da Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

SONDA: Os Sons Daqui II
Ermida N.ª Sr.ª de Guadalupe – Raposeira
02 Dezembro | 16h00-18h00
























SONDA, um projecto de Pedro Glória, apresentado pela Rizoma Lab – Associação Cultural no âmbito da edição de 2017 do programa DiVaM – Dinamização e Valorização de Monumentos, iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve com o apoio do Município de Vila do Bispo

A experiência terá a duração de 2 horas, entre as 16h00 e as 18h00 do dia 2 de dezembro (sábado), iniciando-se com um percurso à volta da Ermida, onde estão instaladas algumas surpresas visuais e sonoras. Depois, no interior, continua com a performance audiovisual, com a projeção e manipulação de vídeo por 79 ers – metadisciplinary design, ação que será finalizada com o degustar de dois elementos da essência milenar do simbolismo deste local e do quotidiano das pessoas.
As gentes desta terra, em tempos idos, deslocavam-se de noite, em romaria, evocando cânticos a Nossa Senhora de Guadalupe para pedir proteção, e em tempos de seca, como o que temos hoje, rogavam por água.
Guadalupe escrevia-se, outrora, "Agoadelupe", remetendo para o simbolismo da água ligada a este local de culto. Fala-se, também, de um milagre de chuva quase instantânea após esse acto de devoção. E da passagem do Infante. E do resgate de cativos...
São memórias, são os sons e imagens, são ligações entre o céu e a terra e as vidas das pessoas que habitavam nesta região, numa relação de respeito e religião com este local, com esta Ermida tão resistente que nem o terramoto de 1755 a afectou.
No entanto… há mais perguntas que respostas.
O público é convidado a partilhar um outro estar neste local – a SONDA desvendou o possível no que toca aos segredos e relações espácio-temporais, compilou a informação que, transformada em performance audiovisual, cria um momento singular de percepção e estimulação sensorial na nossa memória colectiva.


Direção artística: Pedro Glória
Produção e Comunicação: Luísa Baptista
Fotografia: Ricardo Soares
Edição vídeo e design gráfico: Teresa Sousa
Live Visuals: 79 ers – metadisciplinary design
Catering: Pour Lui Baptiste

Vídeo Promocional