Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES

Palavras-chave | Keywords

"Boca do Rio" "Ermida da Guadalupe" "Farol de São Vicente" "Fauna e Flora" "Fortaleza de Sagres" "Gentes & Paisagens" "Gentes de Vila do Bispo" "Geologia e Paleontologia" "História do Mês" "Martinhal" "Menires de Vila do Bispo" "Paisagens de Vila do Bispo" "Tales from the Past" "Vale de Boi" 3D Abrigo Antiguidade Clássica Apicultura ArqueoAstronomia Arqueologia Experimental Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Arqueologia Subaquática Arquitectura arte Arte Rupestre Artefactos Baleeira Barão de São Miguel Base de Dados Bibliografia biodiversidade Budens Burgau Calcolítico Carta Arqueológica de Vila do Bispo Cartografia Cetárias Cista CIVB-Centro de Interpretação de Vila do Bispo Complexo industrial Concheiro Conservação e Restauro Descobrimentos Divulgação Educação Patrimonial EPAC Escolas & Paisagens de Vila do Bispo Espeleo-Arqueologia Estacio da Veiga Estela-menir Etnografia Exposição Figueira Filme Forte Fotografia Geographia Grutas Homem de Neandertal Idade Contemporânea Idade do Bronze Idade do Ferro Idade Média Idade Moderna Iluminados Passeios Nocturnos Ingrina Islâmico Landscape marisqueio Medieval-Cristão Megalitismo menires Mesolítico Mirense mitos & lendas Moçarabe Moinhos Museologia Navegação Necrópole Neo-Calcolítico Neolítico Neolítico Antigo NIA-VB Paleolítico Património Edificado Património natural Património partilhado Pedralva Pesca Povoado Pré-história Proto-história Raposeira Recinto Megalítico/Cromeleque Referências RMA Romano Roteiro Sagrado Sagres Salema Santos Rocha São Vicente Seascape Toponímia Vila do Bispo Villa Romana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

À descoberta dos 'novos' menires de Vila do Bispo

No passado sábado, dia 22 de junho de 2019, as atuais paisagens do antigo território megalítico do Monte dos Amantes, em Vila do Bispo, foram repovoadas com uma instalação artística do género “land art”, um grande recinto inspirado nos “cromeleques” pré-históricos do Neolítico, composto por 51 peças realizadas pela técnica de “papel machê”, da autoria das crianças inscritas na disciplina Atividade de Enriquecimento Curricular – Conhecimento do Património Local de Vila do Bispo, ano letivo 2018-2019. Estas recriações artísticas foram organizadas numa arquitetura semicircular, aberta a nascente, orientada ao vale que desagua na praia do Barranco, ao nascer do sol e à lua cheia do equinócio de Primavera.
Ao longo das três últimas semanas as crianças desenvolveram um projeto coordenado pela equipa pedagógica da AEC – Conhecimento do Património Local, com o apoio artístico da escultora, Tineke Smit, residente em Barão de São Miguel, tendo por objetivo a consolidação de conhecimentos previamente adquiridos por via do cruzamento entre a Arqueologia e a Arte. Explorando a temática das mais remotas representações artísticas produzidas pelas antigas comunidades neolíticas que ocuparam o atual território de Vila do Bispo, as crianças foram estimuladas à livre projeção tridimensional da sua própria criatividade e a produzir novas esculturas inspiradas nos menires, pintadas com novos motivos decorativos nelas impressos. Os trabalhos foram realizados em grupo, tal como na Pré-história, obras coletivas produzidas pela comunidade. Para o efeito, foram reaproveitados materiais como garrafas e garrafões de plástico e muito, muito papel de jornal, sensibilizando as crianças para as boas práticas cívicas e ambientais da reciclagem.
Em outubro, no arranque do novo ano letivo, estas esculturas serão novamente apresentadas ao público, desta feita numa exposição que será patente no Centro Cultural de Vila do Bispo. As obras serão, então, oferecidas pelas crianças a diversas instituições locais, na pessoa dos seus representantes, designadamente a todas as escolas e salas de aulas do Concelho, Lares e Centros de Dia.
A iniciativa, promovida pela Município, contou com a participação de cerca de 60 pessoas, entre as quais bastantes crianças que se fizeram acompanhar por suas famílias e amigos, além de um grupo de artistas residentes na freguesia de Barão de São Miguel, entre os quais agradecemos a surpresa proporcionada por Don Munzer, que preencheu o convívio com o som do seu acordeão. A Senhora Vereadora Rute Silva também marcou presença, partilhado, com a comunidade, algumas novidades previstas para o próximo ano letivo de 2019-2020 relativas ao programa de Atividades de Enriquecimento Curricular proporcionadas pelo Município às crianças do Concelho.