Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES

Palavras-chave | Keywords

"Boca do Rio" "Ermida da Guadalupe" "Farol de São Vicente" "Fauna e Flora" "Fortaleza de Sagres" "Gentes & Paisagens" "Gentes de Vila do Bispo" "Geologia e Paleontologia" "História do Mês" "Martinhal" "Menires de Vila do Bispo" "Paisagens de Vila do Bispo" "Tales from the Past" "Vale de Boi" 3D Abrigo Antiguidade Clássica Apicultura ArqueoAstronomia Arqueologia Experimental Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Arqueologia Subaquática Arquitectura arte Arte Rupestre Artefactos Baleeira Barão de São Miguel Base de Dados Bibliografia biodiversidade Budens Burgau Calcolítico Carta Arqueológica de Vila do Bispo Cartografia Cetárias Cista CIVB-Centro de Interpretação de Vila do Bispo Complexo industrial Concheiro Conservação e Restauro Descobrimentos Divulgação Educação Patrimonial EPAC Escolas & Paisagens de Vila do Bispo Espeleo-Arqueologia Estacio da Veiga Estela-menir Etnografia Exposição Figueira Filme Forte Fotografia Geographia Grutas Homem de Neandertal Idade Contemporânea Idade do Bronze Idade do Ferro Idade Média Idade Moderna Iluminados Passeios Nocturnos Ingrina Islâmico Landscape marisqueio Medieval-Cristão Megalitismo menires Mesolítico Mirense mitos & lendas Moçarabe Moinhos Museologia Navegação Necrópole Neo-Calcolítico Neolítico Neolítico Antigo NIA-VB Paleolítico Património Edificado Património natural Património partilhado Pedralva Pesca Povoado Pré-história Proto-história Raposeira Recinto Megalítico/Cromeleque Referências RMA Romano Roteiro Sagrado Sagres Salema Santos Rocha São Vicente Seascape Toponímia Vila do Bispo Villa Romana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais um Dia Aberto na Jazida Paleolítica de Vale de Boi 2018

No passado sábado, dia 14 de julho, o sítio Arqueológico do abrigo paleolítico de Vale de Boi recebeu mais uma ação de arqueologia pública/social, o seu “Dia Aberto”, iniciativa que, uma vez mais, voltou a registar um significativo interesse da comunidade loco-regional.
Ao longo do dia, entre as 10 e as 16 horas, cerca de 45 pessoas visitaram a escavação, sendo acolhidas pela equipa de arqueólogos coordenada pelo Professor Doutor Nuno Ferreira Bicho, da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve. De destacar a participação de diversas crianças que, acompanhadas pelas suas famílias, demonstraram grande atenção pelos artefactos expostos e pelos trabalhos em curso, participando entusiasticamente em algumas das operações.
Alguns dos visitantes já são habituais, regressando ano-após-ano para assim acompanhar a evolução dos trabalhos e saber das novas descobertas.
Descoberto em 1998, este importante sítio arqueológico é hoje reconhecido como a maior e mais antiga jazida paleolítica conhecida no sul peninsular, com incríveis registos cronológicos que se cifram em 33 mil anos. A sua investigação, promovida pela Universidade do Algarve, tem sido potenciada logística e financeiramente pelo Município de Vila do Bispo, designadamente com a criação do NIA-VB, Núcleo de Investigação Arqueológica de Vila do Bispo da UALg, uma ferramenta de cooperação interinstitucional que funciona no CAI-VB, Centro de Acolhimento à Investigação de Vila do Bispo, equipamento municipal que reabilitou as desativadas instalações do antigo Jardim de Infância de Budens.