Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Inauguração da Exposição PAISAGENS CONDUTORAS II no Centro de Interpretação de Vila do Bispo









No passado sábado, dia 12 de novembro, o Centro de Interpretação de Vila do Bispo inaugurou uma nova exposição, desta feita uma intervenção artística denominada de “PAISAGENS CONDUTORAS – 2.º ACTO”.

Trata-se de uma iniciativa da Associação Cultural RIZOMA LAB e da Câmara Municipal de Vila do Bispo, com o apoio do PROGRAMA 365 ALGARVE.
A inauguração da exposição PAISAGENS CONDUTORAS II contou com a presença de 33 pessoas, entre as quais a Sr.ª Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Rute Silva, a Sr.ª Comissária do PROGRAMA ALGARVE 365, Dália Paulo, e o Diretor de Serviços de Bens Culturais da DIREÇÃO REGIONAL DE CULTURA DO ALGARVE, Rui Parreira.
Patente até ao dia 31 de dezembro do presente ano, PAISAGENS CONDUTORAS apresenta-se como uma exposição construída em três actos, surgindo na sequência de um conjunto de ações performativas intituladas de COZINHANDO NA PAISAGEM, desenvolvidas em diversos sítios e monumentos histórico-arqueológicos do Algarve, entre 2013 e 2015.
Estas ações performativas desenvolveram-se num formato Talk Show, tendo como objetivo criar e registar paisagens web, produzindo assim um arquivo de paisagens que são agora o fio condutor desta exposição, um trabalho artístico de Jorge Rocha, desenvolvido em colaboração com o arqueólogo e fotógrafo Ricardo Soares e a arqueóloga Elena Móran.
A obra central desta exposição é uma instalação vídeo e sonora criada a partir das referidas paisagens web, servindo de fio condutor para três conjuntos de obras distintas, desenhadas para cada uma das apresentações.
O primeiro acto decorreu no Centro de Experimentação Artística de Loulé, o segundo acto apresenta-se agora em Vila do Bispo e o terceiro ressurgirá em 2017, em espaço a anunciar.













Equipa PALATO
Coordenação artística: Jorge Rocha
Coordenação científica: Elena Morán
Produção: Carmo Serpa
Fotografia: Ricardo Soares