Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Povoado do Monte do Grelha | Sagres

No âmbito do projeto “Carta Arqueológica do Concelho de Vila do Bispo”, ao longo das últimas semanas intensificámos as saídas de campo, aproveitando o óptimo anual da prospectabilidade arqueológica – a vegetação baixa e seca e os terrenos lavrados permitem janelas de visibilidade que potenciam a identificação de vestígios do passado.
Foi assim que, entre outras recentes descobertas, identificámos mais um provável povoado pré-protohistórico, em parte exposto pela extração de areias, numa área dunar superficialmente concrecionada, junto do Monte do Grelha, em Sagres, a cerca de 800 metros do povoado do Catalão.
Quer ao nível da implantação na paisagem, como dos vestígios registados à superfície, este novo arqueossítio apresenta características muito similares relativamente ao povoado do Catalão, local onde a investigação arqueológica documentou uma ocupação enquadrável na fase de transição entre o Calcolítico e a Idade do Bronze.
A nossa informal e multidisciplinar equipa, desta feita formada por Ricardo Soares (arqueólogo), Beatriz Tomás Oliveira (geóloga) e Álvaro Banaco (técnico de turismo), registou os seguintes vestígios: abundante fauna malacológica, dominando o mexilhão e a lapa, assinalando-se, também, restos de búzio, caramujo (burgau) e unhas de perceve; indústria macrolítica em grauvaque; uma erodida estrutura de combustão (lareira), exposta pela extração de areias, composta por termoclástos e preenchida por “orgânicas” areias negras; uma significativa quantidade de fragmentos de cerâmica manual (bordos simples, fundos planos, cozeduras redutoras e superfícies brunidas não reticuladas) que, pela análise macroscópica das pastas, se admite, em parte, resultarem de produção local, pois apresentam pastas que incorporam elementos desengordurantes presentes na geologia da área. Apenas se identificou um núcleo em sílex, o que corrobora a nossa preliminar proposta cronológica – transição Calcolítico-Idade do Bronze –, sobretudo alicerçada na proximidade e semelhança com a implantação e materiais descritos do povoado do Catalão.