Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A necrópole moçarabe do Padrão | Raposeira

Em 1994, aquando das escavações arqueológicas realizadas junto ao menir 1 e 2 do Padrão, cujo objectivo seria a caracterização de uma associável jazida do Neolítico Antigo, Mário Varela Gomes, o responsável pela investigação, acabou por descobrir, também, uma necrópole de 10 sepulturas atribuíveis a antigos rituais funerários cristãos, datáveis entre os séculos VIII e IX, ou seja, um período de plena ocupação islâmica que admitia a presença de comunidades cristãs "moçárabes". 
Além dos menires, abundantemente documentados naquela área, possivelmente integráveis em cronologias do Neolítico Antigo (recorde-se, para o efeito, que o próprio menir 1 do Padrão poderá ser associável a uma datação radiocarbónica com um intervalo temporal entre 5480 e 5242 cal. a.C.), a investigação arqueológica no Padrão assinalou, também, uma necrópole romana e outra da Alta Idade Média (abaixo descrita), o que atesta uma certa continuidade na exploração mágico-religiosa do local, certamente "inspirada" nos menires - os mais remotos monumentos erguidos no local.